terça-feira, 11 de dezembro de 2007

In My Dreams With You...

Bom, como eu prometi MESES atrás, vou fazer um post sobre os sonhos.

E, bem, essa área é complicada de conversar, afinal cada um vê uma utilidade ou dá uma definição diferente pros sonhos. Alguns dizem que é apenas nosso subconsciente nos entretendo enquanto dormimos, outros acham que são devaneios de mentes criativas jogando o excesso de idéias fora, outros acreditam serem visões de outros tempos, querendo nos ensinar algo, ou ainda, (no caso a visão com a qual eu mais me identifico) são pequenos avisos para que não façamos, ou ao contrário mesmo, algo que vá mudar o rumo de certas coisas em nossas vidas.

Não vou ser clichê, nem piegas, dizendo que eu tomo todas as decisões da minha vida baseado em sonhos. Não é assim que a coisa funciona, meus caros. Certas coisas acontecem inesperadamente em nossas vidas, e os sonhos aparecem para alertar sobre o que poderemos mudar ou não em nossas vidas. Caminhos tortuosos a serem seguidos geralmente são precedidos por sonhos de aviso, para que você possa tomar uma decisão mais acertada, ou pelo menos não tão danosa.

Vamos ao primeiro exemplo do dia: eu tenho um amigo que, bem, ele foi "tentado" pelo lado negro das emoções. Vivia um relacionamento pautado em traições, sempre que podia dava umas grandes escapadas e se divertia muito com isso. Também fazia uso constante de substâncias químicas não muito tradicionais e era feliz assim. Até o dia em que os sonhos o alertaram a primeira vez: ou parava com aquilo ou perdia tudo. Ele nem deu moral, e acabou terminando com a namorada.

Aí, depois de muitas coisas, decidiu voltar com ela, e mais uma vez foi alertado de uma reviravolta negativa em sua vida. Parou com as substâncias e inclusive de pular a cerca. E hoje é BEM mais feliz e completo. Têm seus problemas, suas desavenças e afins? Claro, como todo casal. Porém ele agora tá numa situação bem melhor do que antes, e não se sente mau com tudo isso.

Tá, não tô dizendo que foram os sonhos que mudaram a vida do cara, cacete. Você leu meu texto todo ou pulou direto pra parte da auto-ajuda barata que eu coloco aqui de vez em quando? O lance é, certas coisas na vida podem ser MUITO ruins pra você, te fazerem sofrer pra caramba e indefinidamente por uma simples decisão ruim na vida. Isso na vida de qualquer mortal, que dorme 8 horas por dia, trabalha pra pagar suas contas e afins. E você sempre recebe avisos, tanto de parentes como de pessoas desconhecidas, que certas decisões são imbecis, impensadas e que você devia repensá-las, certo? Por que não tentar analisar os sonhos e tudo mais? Quem conhece a si mesmo, poucos obstáculos enfrenta na vida, e se os sonhos são parte de você, que tal conhecer essa sua face misteriosa e lúdica?

Mas também, perae. Não tô falando pra interpretar literalmente os sonhos. Já ouviram falar em mensagens subliminares? Se ficarem interessados, entro nesse assunto num post ainda esse ano, é só pedirem. Mas voltando, mensagens subliminares são deixadas no nosso subconsciente o dia todo. Então, não é porque você sonhou que, se encher a cara de cerveja, vai ter mais sorte ao encontrar com a Juliana Paes (ou outra beldade aleatória) e passar uma noite tórrida ao lado dela (ou delas, quem nunca sonhou com a cama cheia de moças, ou rapazes, para si é estranho haha), que você vai conseguir. Sonhos de aviso são coisas mais sutis, com mais informações nas entrelinhas e sem tanta sacanagem assim. Então, cuidado com os sonhos exuberantes, tem algo errado com eles, é só seu subconsciente fazendo uma lavagem de tudo que passou por ele no dia-a-dia. O mais provável são aqueles sonhos que parecem mais reais, aonde você sabe que tá sonhando, mas que segue sonhando para entender algo.

Vamos ao meu sonho, já que virou tradição exemplificar meus causos com coisas vividas. Todos lembram da Isa, né? Sim, minha ex-namorada gatuxa! Aliás, ela criou um blog, é o Dust in the Wind, ali nos links. Visitem-na, ela é legal pacas =D!

Pois bem, voltando ao sonho. Eu sonhei, faz um BOOOOOOOOM tempo que, se não entrasse em contato com ela, acabaria por perdê-la de vez. Relutei inicialmente, demorei 2 dias pra isso, mas acabei cedendo. Mesmo separados no relacionamento, a amizade dela é e sempre foi muito importante pra mim. Assim sendo, conquistei a amizade da moça novamente, tudo porque corri atrás do que era a decisão mais correta.

O mundo dos sonhos é algo complicado de entender, porém é bom prestar atenção pois, assim como na televisão, na internet e na vida, devemos filtrar certas informações que chegam até nós, tirando delas o melhor para nossa atual situação.

E por hoje é só pessoal. Queria pedir desculpas pela demora por esse texto (algumas pessoas até me xingaram no MSN por falta de atualização aqui =P), mas minha vida tá corrida, e só imaginar que finalmente terei férias já me animo! Hahaha

Abraços aos leitores fiéis, vocês me ajudam a seguir em frente!

3 comentários:

laís(juquinha) disse...

Bem apenas complementando o texto...
sonhos... tanto traduções de nossos desejos mais inusitados e profundos que desconhecemos de nós mesmos quanto uma passagem que temos durante o repouso fisico para o mundo espiritual...
Como saber onde estamos quando sonhamos?como saber se é simples subconsciente ou espirito?
Simples...
Subconsciente é forte,cheio de emoções as quais vc se esquece durante o seu dia... em espirito não... são noites emblematicas...deve-se traduzir aos poucos seus sentidos,nada ao pé da letra,e sempre te deixa com aquele sentimento de que deve se importar com aquela noite,que nada dali deve ser esquecido...
muitos os ignoram...as vezes os confundo pois sou humana e tenho falhas...não queremos acreditar no que não nos convem...mas não a nada melhor para seguir do seus sonhos (pois são desejos de seu coração- os verdadeiros- retratos do que se passa em sua alma).
Um belo texto Kadu!

Isabela Nunes :] disse...

uahsuahsuhas sim.. ela � bonitinha xD
fico mt legal seu post @.@
que inveja.. se eu pudesse escrever assim algum dia =x
nem por aquilo l� eu conseguiria xD

Migeru disse...

Interessante... btw, isso me lembrou daquele meu sonho com a senha; fico intrigado até hoje: como minha mente fez isso? xD

Abraço!